terça-feira ,24 janeiro 2017

Emater comemora aumento da produção familiar nos 53 anos do município de Bagre

Um trabalho desenvolvido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater) em Bagre, no arquipélago do Marajó, resultou no aumento da renda das famílias em pelo menos 60% nos últimos dois anos. A principal atividade econômica é o extrativismo do açaí, mas a Emater incentiva a diversificação da produção a fim de garantir renda durante o ano inteiro. Hoje a Empresa atende mais de 360 famílias agricultoras no município que completa 53 anos de emancipação política nesta quarta-feira, 25.

Segundo estimativas da Emater, este ano o município deverá alcançar as 13 mil toneladas de açaí. Os resultados alcançados devem-se à utilização das tecnologias incentivadas pela Emater, assistência técnica e acesso ao crédito. Vinte e cinco agricultores são beneficiados com financiamentos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) da linha Floresta. Os projetos, assinados pela Emater, superam os R$ 285 mil e contemplarão especificamente o melhoramento do trabalho com o açaizal. “Estamos no período da entressafra e as famílias continuam produzindo, isso é resultado do manejo adequado da cultura e nós temos incentivado isso”, diz o técnico da Emater, Marinaldo Cardoso.

Outra atividade que a Emater incentiva em Bagre é a avicultura. Um projeto executado em parceria com o Pará Rural, distribuiu cerca de 11 mil pintos caipira que vão ajudar 54 famílias ligadas à Associação dos Moradores do Rio Paúba, na comunidade Bom Jardim. As aves, apenas para corte, vão ajudar na garantia da segurança alimentar e também para melhorar a renda das famílias. As aves alcançam a idade de abate em 70 dias. Paralelamente à criação, as famílias ainda desenvolvem a horta caseira. As sobras da horticultura ajudam a alimentar os pintos, que são criados em regime de semiconfinamento. “A criação chegou para mim em uma excelente hora. Quero aprender mais sobre como trabalhar com essa atividade para melhorar o sustento da minha família”, diz o agricultor Daivison Monteiro.

Capacitações como palestras, visitas técnicas e oficinas realizadas pela Emater ajudam as famílias a fomentar as atividades. “A Emater estima que com esse incentivo as famílias aumentem em pelo menos 30% a sua renda”, adianta Cardoso.

Por Iolanda Lopes

Você pode Gostar de:

Compartilhe a verdade!

A Prefeitura de Bagre esclarece sobre falsas informações publicadas em uma rede social

Compartilhe a verdade! Sobre falsas informações publicadas em uma rede social, a Prefeitura de Bagre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pendik escort

pornorokettube